Fala Mariana Barbato

Cuidados com a pele no inverno


 As pessoas acham que passando o verão a pele pode ficar em segundo plano, porém com o inverno chegando o cuidado deve ser ainda maior.
Além de manter a proteção solar diária, - lembrar que o calor diminui, mas a radiação ultravioleta (UV) está presente o ano inteiro - a hidratação da pele merece atenção especial.
O hidratante forma uma película de proteção na pele e recompõe a barreira cutânea, impedindo a perda de líquidos e reforçando a função de proteção da pele. Pessoas alérgicas e com psoríase devem investir sempre na hidratação para evitar as famosas crises  no inverno.
O melhor momento para hidratar a pele é após o banho, quando os poros estão abertos, a pele úmida e a penetração do produto é maior.


 Um bom hidratante não é o mais caro, nem o que tem o melhor perfume. Procurar produtos que contenham uréia, lactato de amônia, manteiga de karité, ceramidas e ácidos graxos, ou melhor, procurar seu dermatologista para formular um creme ou loção ou receitar um produto já disponível mais específico para sua pele. Lembrar que cada tipo de pele exige uma concentração diferente de determinados produtos. Há quem prefira os óleos trifásicos, eles impedem a perda de água mas não substituem o hidratante.
O hidratante para a pele da face não deve ser muito oleoso, existem no mercado os não comedogênicos, que não aumentam cravos e espinhas. Dar preferência aos cremes que apresentam um fator de proteção na fórmula (no mínimo FPS 15). Após os 25 anos estes hidratantes podem conter  ainda: vitaminas e antioxidantes (no momento o mais indicado é o café verde), estes combatem os radicais livres e previnem o aparecimento das tão temidas rugas. Existem também aqueles que desejam agregar um efeito lifting ao produto (efeito cinderela) e isso também é possível.

 Não esquecer de hidratar os lábios, vários são os batons e bastões labiais com emolientes e filtro solar.  Os pés, joelhos e cotovelos tendem a ressecar mais merecendo cremes que contenham ácidos na sua fórmula.
Hidratar de dentro para fora é também fundamental, beba muita água que isso deixará sua pele menos ressecada.
Os banhos no inverno não devem ser muito quentes e demorados, pois ressecam a pele. Os sabonetes preferir os com hidratantes ou neutros que mantém o pH natural. As roupas que mantém contato direto com a pele devem ser de preferência de algodão para evitar irritação e coceira.
Apesar do frio trazer prejuízos para a pele, lembrar que é neste período que podemos correr atrás dos prejuízos deixados pelo verão (manchas principalmente), sendo esta a época ideal para utilizar formulações com ácidos e realizar procedimentos que melhoram manchas rugas e a textura da pele: peelings químicos e mecânicos, luz pulsada e lasers. Aproveite!

Contato | maribarbato@yahoo.com.br

http://marianabarbatodermatologia.blogspot.com








Manchas na pele, e agora?
Sol e Câncer de pele: o que você precisa saber
Saúde das unhas
Dermatologista fala dos cuidados com a pele
       
 
   
desenvolvido por VirtuaComm Soluções Internet