Fala Caçula

A luz, a imagem



 Fazia um tempão que não fotografava junto com meu velho. Dessa vez, resolvi fazer dele meu assunto e saí carimbando Marco Cezar de tudo que é jeito: sendo amarrado no parapente, lambendo os óculos pra limpar a lente, descansando na sombra da árvore e fotografando a raça que se aglomerava para ver Zeca Baleiro. Olhando agora as fotos, penso que se eu chegar aos sessenta com a mesma disposição e corpinho sarado que ele, já estou lucro. Mas acho difícil.
Só não fotografei papito durante o jantar, mas só porque estava ocupadíssimo devorando um filé gigante no Pirata e tomando uma merecida cerveja às dez e meia da noite, enquanto a fila de carros subindo o morro de volta pra casa não acabava.
  







       
A luz, a imagem
Meu Pequeno Mundo
Erick Razera, uma promessa do Windsurfe
O Menino Voador
Luzes da Ribalta
Através do olhar
       
 
   
desenvolvido por VirtuaComm Soluções Internet