Caio Cezar

Crianças da Jamaica


 Ao Ilustríssimo editor-chefe da Revista Mural

Caro Papito,
Não podia ser diferente. Na “Fala Caio” desse mês o assunto é Jamaica, onde a gente passou uma semana rindo à toa e comendo aqueles pastéis apimentaaados que davam uma sede do cão e nos obrigavam a tomar Red Stripe geladinha pra apagar o incêndio bucal, fazer o quê. Tava bom, né? Sete dias de muito trabalho, carregando aqueles doze quilinhos de equipamento e atentos à tudo, mas também curtindo praia, reggae e as loucurinhas da noite jamaicana. E curtindo acima de tudo a farra que fez a rapaziada do beijo na terra do reggae. Definitivamente, nem a Jamaica nem nós seremos os mesmos depois dessa viagem.
Mas em vez de te enviar aquelas fotos típicas, com os Rastafaris fumando baseados gigantes, o museu do Bob Marley ou aquele mar azul-transparente do Caribe, preferí a inocência das crianças de lá, fanáticas por futebol e atletismo e com aquele brilho no olhar que só dura até os onze anos.
Tomara que você goste, mas se quiser trocar por outro assunto me avisa que ainda dá tempo e tenho mais de duas mil fotos aqui comigo.
Um beijo, pai, e obrigado pelo presente. Acho até que devíamos fazer pelo menos umas duas viagenzinhas internacionais por ano, que me diz? Você podia levar o João, que nos ajudaria com o equipamento, afinal ele é o mais jovem e forte de nós três e adoramos a companhia do caçulinha.  Ouvi falar que a República Tcheca é linda, linda, e ia render altas fotos pra nossa revista, não acha?

Teu primogênito,
Caio

P.S| O passaporte tá na mão.







       
Crianças da Jamaica
Primeira Impressão | Caio Cezar mostra o que fez no primeiro semestre de faculdade
Meia dúzia de retratos | Caio Cezar dá um rolê no Donna Fashion
Peneira fina | retrospectiva com as melhores do Fala Caio
Embalado...
Diga com quem andas...
       
 
   
desenvolvido por VirtuaComm Soluções Internet